segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Croquetes

Aqui por casa eu e o meu filho somos fãs de croquetes. Confesso que até ele nascer não era coisa que fizesse, embora sempre tenha adorado este petisco.  No entanto, agora a situação alterou-se. Como sei que ele fica todo contente com um pratinho de croquetes, de vez em quando faço.

Estes que vos mostro foram feitos pelo seu aniversário, fiz-lhe para o jantar do dia de anos, para a festinha e ainda sobraram alguns, que congelei. Hoje fiz mais uma fornada deles e vou experimentar a fazer no forno, ainda não posso dizer nada, mas se correr bem haverei de fazer um post sobre o assunto.

Como vão reparar as fotos são para a versão na CC, mas vou deixar também escrita a versão tradicional, que também costumo fazer. Eu gosto particularmente de usar a carne já cozinhada, quer seja na versão de sobras ou então cozo a carne antes. A minha avó e a minha mãe sempre fizeram os croquetes com a carne assim já cozinhada, mas já vi receitas em que se usa carne picada que se cozinha na hora, refogando. Já experimentei, mas confesso que contínuo a preferir cozinhar a carne antes, dá mais trabalho, mas eu gosto mais do resultado. Façam como mais gostarem.

Esta receita é a quantidade de costumo fazer mas podem fazer só metade ou duplicar.


Ingredientes:

400 g de carne de vaca
1/2 chouriço ( às vezes uso outras vezes não)
2 dentes de alho
1 cebola+ 1 cebola
1 folha de louro
água
120 g de margarina
120 g de farinha
300 mL de leite
2 ovos
sal
pimenta
salsa picada, a gosto
pão ralado, para panar
2 ovos, para panar

Preparação ( Cozimento):

Começar por cozer as carnes. Costumo usar a panela de pressão, coloco a carne ( temperada de sal e pimenta) o louro, o alho a cebola, o chouriço e adiciono água de modo a cobrir com a altura de 3 dedos as carnes. Conto 50 minutos depois da válvula começar a rodar  e depois deixo mais 10 minutos de repouso antes de abrir. Retiro e deixo arrefecer.




Preparação dos Croquetes na CC:

Colocar a lâmina no copo para picar as carnes escolhendo velocidade 12, 30 segundos. Retirar e reservar.



Colocar a cebola no copo e picar na velocidade 12 por 30 segundos. 


Colocar o acessório misturador, juntar a margarina e refogar, escolhendo o programa de cozedura lenta P1 por 5 minutos.



Acrescentar a farinha e o leite e cozinhar na velocidade 6 a 95 ºC durante 4 minutos.



Juntar a carne picada e a salsa picada e misturar na velocidade 6, 95 ºC durante 2 minutos. Verificar os temperos.



Programar a máquina na velicidade 7 durante 30 segundos e acrescentar os 2 ovos batidos pelo bocal. Cozinhar depois na velocidade 7, 95 ºC durante 1,30 minuto.



No final como ainda se sentia um pouco a cebola e eu não gosto, triturei na velocidade 12 durante 30 segundos, mas isto é opcional.


Colocar num recipiente e deixar arrefecer.


Moldar os croquetes. Passar por ovo e pão ralado e fritar. ou então congelar antes de fritar.







Preparação Modo Tradicional:

Refogar a cebola (bem picada) na margarina, até ficar bem macia. 

Peneirar a farinha e mexer até descolar do fundo do tacho. Acrescentar o leite aos poucos mexendo sempre, até obter um creme. 

Acescentar ao creme a carne picada e a salsa e mexer cerca de 2 minutos. Verificar os temperos.

Fora do lume acrescentar os ovos batidos em fio  mexendo bem. Levar novamente ao lume e mexer até descolar do fundo do tacho.

Colocar a mistura num recipiente e deixar arrefecer.

Moldar os croquetes. Passar por ovo e pão ralado e fritar. ou então congelar antes de fritar.



13 comentários:

  1. Eu também prefiro os croquetes de carne cozinhada, acho que ficam com uma textura e um sabor mais interessantes! Cá em casa todos gostamos e costumo fazer no forno! Muito mais prático e ficam ótimos na mesma! beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Adorei o passo a passo da receita, vou fazer, de vez em quando
    uma fritura não faz mal.
    Obrigada, pela receita, amei!

    Beijos ♥

    ResponderEliminar
  3. Adoro, adoro e não sei se já disse, adoro! :) Mas nunca como em casa porque não faço fritos. Estou aqui a fazer figas para que no forno te corra bem e depois partilhes como se faz. :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  4. Eu também prefiro com a carne cozinhada, sem comparação!! Faço quando à restos de um assado por exemplo e congelo para quando precisar!
    Também quero experimentar a versão de forno!
    Beijinho
    Joana

    ResponderEliminar
  5. Deve ser delicioso!
    Adorei.
    Beijinhos.
    http://www.opecadomoraemcasa.eu/

    ResponderEliminar
  6. Hummm. gosto tanto!!! Devem ter ficado deliciosos ;)
    Beijinho

    Blogue Recanto com Tempero

    ResponderEliminar
  7. Também que. Adoro croquetes, eu e o meu rapaz devorava os essa travessa num abrir e fechar de olhos (mais ele do eu pois a minha Gusta não me deixa comer muito, ainda bem).

    Beijinhos,
    Clarinha https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2017/11/guacamole-minha-moda.html

    ResponderEliminar
  8. Ficaram lindos, estes croquetes :P devem ser um delicia!

    Recentemente também experimentei uma receita semelhante ehehe

    De aprendiz a chef

    ResponderEliminar
  9. Olá Ana
    Devem ter ficado saborosos. Fiquei com vontade de experimentar com a carne cozida..rs
    Beijos
    Adriana Alves
    www.viagenssaboresetc.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  10. Sem sobra de dúvidas que os croquetes de carne previamente cozinhada ficam muito melhores (pelo menos para mim, vá lá). E estes ficaram de uma forma apetitosos que eu fiquei cheia de fome... e ainda são 18h! Não há condições :D
    Beijinhos
    Cláudia

    ResponderEliminar
  11. A minha também sempre fez os croquetes com carne cozinhada que geralmente fazemos a mais já a pensar nos croquetes e realmente ficam com outro sabor, bem mais apetitosos. E eu, tal como o teu filho, também adoro croquetes por isso faço-me de convidada penetra para o próximo almoço que os fizeres ^_^
    Beijinhos
    Carla
    Blog Guloso qb ... Carla Ramalho

    ResponderEliminar
  12. Por aqui também se faz já com a carne cozinhada, tem um paladar totalmente diferente.
    Fazemos no forno não faz tanto mal e fica crocante.
    Adorei o passo a passo da receita, obrigada pela partilha.
    Bj

    ResponderEliminar